A seleção brasileira feminina de vôlei começou sua campanha nos Jogos Olímpicos do Rio com três vitórias por 3 sets a 0 contra, respectivamente, Camarões, Argentina e Japão. Nesta sexta-feira (12.08), o Brasil enfrentará a Coréia do Sul, às 22h35, no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, em busca da quarta vitória consecutiva. O time verde e amarelo já está garantido nas quartas de final da competição. 

O Brasil lidera o grupo A, com nove pontos (três vitórias). A Rússia aparece em segundo lugar com a mesma campanha das brasileiras, mas com um pior saldo de pontos. A Coréia do Sul está na terceira posição, com seis pontos (dois resultados positivos e um negativo). O Japão aparece em quarto, com três (uma vitória e duas derrotas). 

No grupo B, a liderança é dos Estados Unidos, com oito pontos (três vitórias). A China aparece em segundo, com sete (dois resultados positivos e um negativo). A Sérvia está em terceiro com a mesma campanha das chinesas, mas com um pior saldo de sets, e seis pontos. 

As quatro melhores seleções de cada grupo avançarão para as quartas de final. A primeira de um enfrentará a quarta colocada do outro. Os segundos e terceiros passarão por sorteio para a definição dos confrontos. 

Brasil e Coréia do Sul já se enfrentaram cinco vezes na história dos Jogos Olímpicos, com três vitórias das brasileiras e duas das coreanas. Nos Jogos Olímpicos de Londres, a Coréia do Sul levou a melhor e venceu por 3 sets a 0. O treinador José Roberto Guimarães espera um confronto difícil contra a equipe asiática. 

“Nós estamos treinando exaustivamente a relação entre o bloqueio e a defesa e isso será muito importante no jogo contra a Coréia do Sul. As coreanas venceram o Japão por 3 sets a 1 e é uma equipe que tem jogadoras extremamente habilidosas e um ataque mais forte. A Kim (ponteira) é uma incrível jogadora e sabemos do pontencial dela. A Coréia do Sul está jogando bem e errando pouco. Acredito que será um bom jogo”, disse José Roberto Guimarães. 

A central e capitã Fabiana pediu concentração e paciência no grupo brasileiro para o duelo contra a Coréia do Sul. 

“Sabemos que é complicado enfrentar a Coréia do Sul. Elas jogam com velocidade e largam bastante. Também temos que nos preocupar com a Kim (ponteira) que é uma excepcional jogadora. Vamos precisar de paciência e será fundamental sacarmos bem. É um estilo de jogo diferente do nosso e sabemos que muitos dos nossos ataques voltarão para o nosso lado, por isso teremos que estar concentradas”, afirmou Fabiana.  

A seleção brasileira feminina de vôlei tem dois títulos olímpicos (Pequim/2008 e Londres/2012) e duas medalhas de bronze (Atlanta/1996 e Sydney/00).

Partidas do Brasil na fase classificatória dos Jogos Olímpicos do Rio

06.08 - Brasil 3 x 0 Camarões (25/14, 25/21 e 25/13)
08.08 – Brasil 3 x 0 Argentina (25/16, 25/19 e 25/11)
10.08 – Brasil 3 x 0 Japão (25/18, 25/18 e 25/22) 

12.08 - Brasil x Coreia do Sul às 22h35 
14.08 - Brasil x Rússia às 22h35

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro