No Rio de Janeiro (RJ) - 14.08.2016

Alison e Bruno Schmidt terão pela frente um velho conhecido em busca de vaga nas semifinais dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Os campeões mundiais encaram nesta segunda-feira (15.08), às 16h (de Brasília), os norte-americanos Phil Dalhausser e Nick Lucena pelas quartas de final do torneio. O duelo ocorre na Arena de Vôlei de Praia, em Copacabana.

As duas duplas já se enfrentaram quatro vezes, duas delas em decisões de etapas do Circuito Mundial. Alison e Bruno venceram duas vezes - duas finais, ambas na casa dos norte-americanos -, enquanto Dalhausser e Lucena venceram outras duas partidas. Uma pela fase de grupos e outra na semifinal do Major Series de Gstaad, neste ano.

"Conforme o torneio vai afunilando, toda dupla será uma 'pedreira'. Sabíamos que seriam sete finais, mas nos preparamos para essas sete finais. Estamos empolgados, motivados, com um foco muito grande. Nossa comissão técnica está dando todo suporte, vamos estudar e faremos o melhor em casa", disse Bruno Schmidt.

VEJA O PERFIL DE ALISON E BRUNO NO HOTSITE OLÍMPICO

O capixaba e o brasiliense avançaram em segundo lugar no grupo A, com duas vitórias e uma derrota na fase de grupos. Nas oitavas de final, superaram os espanhóis Herrera e Gavira, vencendo por 2 sets a 0, em partida marcada pela recuperação de Alison, que na rodada anterior havia sofrido leve entorse no tornozelo direito.

Já os norte-americanos ainda não perderam no Rio. Venceram as três partidas da fase de grupos, do qual eram cabeças de chave, e superaram nas oitavas de final os austríacos Alexander Huber e Robin Seidl. Dalhausser é campeão olímpico, tendo superado Márcio Araújo e Fábio Luiz nos Jogos de Pequim, em 2008, com o ex-parceiro Todd Rogers. 

VEJA AS GALERIAS DE FOTOS

A partir das oitavas de final, todos os jogos do torneio são eliminatórios. O vencedor do duelo encara nas quartas de final o time que se classificar no confronto entre os italianos Nicolai/Lupo e Carambula/Ranghieri. Os cariocas só poderão cruzar com Alison e Bruno Schmidt em uma eventual disputa de medalha por ouro ou bronze.

O Brasil é o país com mais medalhas no vôlei de praia nos Jogos Olímpicos. Desde Atlanta-1996, ao menos uma medalha é conquistada por edição por nossos representantes. São 11 no total, sendo duas de ouro, seis de prata e três de bronze. 

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro