O Brasil está na final do torneio masculino de vôlei dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A seleção brasileira venceu a Rússia nesta sexta-feira (19.08) por 3 sets a 0 (25/21, 25/20 e 25/17), em 1h23 de partida e disputará a medalha de ouro contra a Itália, que passou pelos Estados Unidos na outra semifinal. A decisão será no próximo domingo, às 13h15, novamente no ginásio do Maracanãzinho, onde acontece a disputa da modalidade. 

O Brasil chega para a final com três vitórias e dois resultados negativos na fase classificatória, pelo Grupo A, e depois de bater a Argentina nas quartas de final e a Rússia na semi. Os italianos venceram quatro e perderam na primeira fase e depois passaram por Ira, nas quartas, e Estados Unidos na partida anterior a grande decisão.

O JOGO

O Brasil abriu o placar do jogo no erro de saque da Rússia. O adversário devolveu com ponto de ataque. Com bons saques de Lipe, a equipe da casa fez 3/1. Os russos empataram em 3/3. Os brasileiros voltaram a abrir dois em 5/3 e a Rússia voltou a deixar tudo igual em 6/6. Com Wallace, o Brasil fez 9/7. O time visitante voltou a deixar tudo igual (9/9). O set seguiu equilibrado e a Rússia assumiu o comando do marcador em 13/12. Depois de grande defesa de Lipe, Lucarelli pontuou e o Brasil fez 14/13. Quando o placar foi para 16/14, os russos pediram tempo. No bloqueio de Wallace e Lucão, o Brasil abriu quatro (19/15). A vantagem passou a cinco em 20/15 e a Rússia pediu tempo. Os donos da casa mantiveram a diferença no placar e fizeram 23/18. E, com Lucarelli, o Brasil fechou em 25/21.

A Rússia saiu na frente no segundo set e fez 4/2. Na sequência, ainda chegou a 6/4. Com Wallace e Maurício Souza no contra-ataque, o Brasil deixou tudo igual: 6/6. O placar esteve igual novamente em 10/10. Os russos passaram a pontuar mais e fizeram 12/10. Bem no bloqueio, a seleção brasileira empatou (12/12). A equipe visitante voltou a abrir dois em 15/13. Com Lucão, a equipe brasileira fez 16/16 e, no erro do adversário, virou o set. O Brasil colocou dois de vantagem em 19/17. Depois de bom saque de Lucão, o time da casa bloqueou com Maurício Souza e fez 21/18. O adversário pediu tempo. O placar foi para 22/20 e Bernardinho pediu tempo. Na volta, o Brasil venceu por 25/20.

O Brasil começou bem e, na bola de segunda de Bruninho, fez 2/0. No ace de Lipe, o placar foi para 5/1. A Rússia reagiu, empatou em 6/6 e Bernardinho parou o jogo com pedido de tempo. O set esteve empatado novamente em 8/8 e em 10/10. A seleção brasileira voltou a pontuar bem e, no ace de Wallace, fez 12/10. Ainda com bloqueio de Lucão, o time da casa fez 13/10 e os russos pediram tempo. Bruninho bloqueou e o Brasil marcou 16/11. Com dois pontos seguidos de Wallace no bloqueio, o placar apontou 20/13. O time de Bernardinho seguiu melhor e fechou o terceiro set em 25/17.

EQUIPES

BRASIL – Bruno, Wallace, Lucão, Maurício Souza, Lipe e Lucarelli. Líbero – Serginho 

Entraram – William, Evandro

Técnico: Bernardinho

RÚSSIA – Grankin, Tetyukhin, Volich, Mikhaylov, Volkov e Kliuka. Líbero – Verbov 

Entraram – Kobzar, Bakun, Ermakov

Técnico: Vladimir Alekno

GALERIA DE FOTOS

http://2016.cbv.com.br/midia/galeria-de-imagens/item/25695-rio-de-janeiro-rj---19.08.2016---jogos-olimpicos---brasil-x-russia-.html

Partidas do Brasil na fase classificatória dos Jogos Olímpicos do Rio
 
Dia 07.08 – (11h35) - Brasil 3 x 1 México (23/25, 25/19, 25/14 e 25/18)
Dia 09.08 – (22h35) - Brasil 3 x 1 Canadá (24/26, 25/18, 25/22 e 25/17)
Dia 11.08 – (22h35) - Brasil 1 x 3 Estados Unidos (20/25, 23/25, 25/20 e 20/25)
Dia 13.08 – (22h35) - Brasil 1 x 3 Itália (25/23, 23/25, 22/25 e 15/25)
Dia 15.08 – (22h35) – Brasil 3 x 1 França (25/22, 22/25, 25/20 e 25/23)

Quartas de final

Dia 17.08 – (22h15) – Brasil 3 x 1 Argentina (25/22, 17/25, 25/20 e 25/23)

Semifinal

Dia 19.08 – (22h15) – Brasil 3 x 0 Rússia (25/21, 25/20 e 25/17)
 
O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro