A quinta vitória da seleção brasileira masculina de vôlei na Liga das Nações foi conquistada neste sábado (08.06), no Musashino Forest Sport Plaza, em Tóquio, no Japão. A equipe do técnico Renan venceu justamente os donos da casa, por 3 sets a 0 (25/22, 25/19 e 25/21), e segue invicto nesta edição do campeonato.

Depois de passar por Estados Unidos, Austrália e Polônia na primeira etapa, realizada em Katowice, cidade polonesa, o time brasileiro chegou a Tóquio e estreou na semana com vitória sobre o Irã antes de vencer os japoneses.

Titular na partida de hoje, o oposto Alan encerrou o duelo como maior pontuador com o total de 16 acertos – sendo 15 de ataque e um de saque. O ponteiro Leal também se destacou ao colocar a bola no chão 15 vezes (11 de ataque, três de bloqueio e um de saque). O central Flávio ainda marcou 12 pontos (seis de ataque, quatro de bloqueio e dois de saque).

Após a partida, Alan comemorou a boa atuação do grupo. “Sempre temos o que melhorar, mas achei que fui bem no jogo de hoje, assim como todo o time. Conseguimos ditar um ritmo muito bom desde o início do jogo e isso favoreceu e fez com que todos jogassem bem”, disse Alan.

O jovem oposto de 25 anos ainda falou sobre a oportunidade recebida pelo técnico Renan nesta partida.

“Estar em quadra com a seleção brasileira significa muito para mim. Deixamos tantas coisas e pessoas no Brasil para estar aqui e representar o país, então é importante mostrar o meu trabalho e ter uma chance como essa”, comentou Alan.

Leal, segundo maior pontuador do confronto, também falou sobre o desempenho do Brasil na partida deste sábado.

“Foi um jogo muito bom, atuamos bem em todos os fundamentos. Enfrentar o Japão é difícil porque eles defendem muito bem. Mas, estávamos concentrados no saque e no bloqueio. Nosso grupo está de parabéns e temos que seguir assim”

Na partida de hoje, o Japão começou pontuando mais e fez 5/3. Os donos da casa ainda chegaram a 8/5. No ponto de saque de Flávio o Brasil encostou no placar: 10/11. Com Fernando no saque, 12/12. Douglas colocou a seleção brasileira em vantagem (16/15). Flávio marcou 20/18. E a equipe verde e amarela fechou em 25/22.

No segundo set, um início equilibrado, com as equipes empatadas em 4/4. O Japão abriu dois em 6/4 e o Brasil empatou em 6/6. No ace de Alan, 9/7. A seleção brasileira marcou 15/12. No erro do adversário, o time de Renan chegou a 18/13. O placar ainda foi a 22/18 e, no bloqueio, o Brasil fechou em 25/19.

Isac pontuou no bloqueio e fez 5/3 para a seleção brasileira logo no começo do terceiro set. No bloqueio duplo de Flávio e Leal, o placar foi a 9/7 e o adversário pediu tempo. Flávio marcou 14/12. O Japão fez 17/16 e Renan pediu tempo. No bloqueio de Fernando, 19/17.

O treinador brasileiro conta, nesta primeira etapa da Liga das Nações, com os levantadores Fernando Cachopa e Thiaguinho; os opostos Wallace e Alan; os centrais Lucão, Maurício Souza, Isac e Flávio; os ponteiros Lucarelli, Leal, Douglas e Lucas Lóh, e os líberos Thales e Maique.

EQUIPE

BRASIL – Fernando, Alan, Flávio, Isac, Leal e Douglas. Líberos – Thales e Maique

Entraram – Maurício Souza, Lucas Lóh

Técnico: Renan

GALERIA DE FOTOS

https://www.volleyball.world/en/vnl/men/schedule/10041-japan-brazil/post#mediaGallery

LIGA DAS NAÇÕES 2019

Katowice (Polônia)

31.05 (SEXTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Estados Unidos, às 12h30 (Horário de Brasília) (25/22, 25/22 e 25/23)

01.06 (SÁBADO) – Brasil 3 x 2 Austrália, às 9h (Horário de Brasília) (32/34, 25/16, 25/19, 27/29 e 15/13)

02.06 (DOMINGO) – Brasil 3 x 1 Polônia, às 12h (Horário de Brasília) (22/25, 25/15, 25/21 e 25/17)

Tóquio (Japão)

07.06 (SEXTA-FEIRA) – Brasil 3 x 2 Irã, às 3h40 (Horário de Brasília) (23/25, 25/16, 21/25, 33/31 e 15/10)

08.06 (SÁBADO) – Brasil 3 x 0 Japão, às 6h40 (Horário de Brasília) (25/22, 25/19 e 25/21)

09.06 (DOMINGO) – Brasil x Argentina, às 3h10 (Horário de Brasília) – SPORTV 2

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro