Confederação Brasileira de Voleibol


Vôlei de Praia nos Jogos Rio 2016


Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro representarão a sexta edição consecutiva em que o vôlei de praia figura no programa esportivo. O formato permanece o mesmo das edições anteriores, com 24 duplas em cada naipe. O Brasil é o país com mais medalhas, 11 no total, sendo duas de ouro, seis de prata e três de bronze. Os EUA aparecem em seguida, com nove medalhas.

As 24 duplas de cada naipe são divididas em seis grupos com quatro times que se enfrentam entre si pela fase de grupos. Os dois primeiros colocados de cada grupo, além dos dois melhores terceiros colocados, avançam direto às oitavas de final.

Os outros quatro terceiros colocados dos grupos disputam dois jogos da rodada de lucky loser, com os dois vencedores completando a lista de 16 duplas classificadas às oitavas de final. A partir deste ponto, a fase final será conduzida de acordo com o formato de eliminação simples.

As oito equipes vencedoras nas oitavas avançam às quartas de final, e as quatro equipes vencedoras nas quartas de final qualificam-se às semifinais. Os dois vencedores das semifinais jogam em busca da medalha de ouro, e os perdedores disputam o bronze.

O local de competição será a Praia de Copacabana, palco histórico do vôlei de praia, que já recebeu edições do Campeonato Mundial e do Circuito Mundial. A arena de estrutura temporária montada na altura da Avenida Princesa Isabel (Posto 2) terá capacidade para 12 mil espectadores com uma quadra central para jogos, cinco para treinos e duas para aquecimento.

Larissa e Talita


Nome: Larissa França Maestrini
Cidade: Cachoeiro do Itapemirim (ES)
Nascimento: 14/04/1982
Altura: 1,74m
Peso: 70kg

Nome: Talita Antunes da Rocha
Cidade: Aquidauana (MS)
Nascimento: 29/08/1982
Altura: 1,81m
Peso: 64kg

Após nove anos ao lado de Juliana, Larissa decidiu se aposentar do vôlei de praia ao final de 2012. Anos depois optou por retornar ao esporte e em poucos meses entrou em forma. Fechou parceria com Talita no meio de 2014 e os resultados vieram logo nas primeiras etapas do Circuito Mundial. Venceram quatro paradas seguidas em 2014 (Áustria, Polônia, Brasil e Argentina). Também venceram o Circuito Brasileiro 14/15, com ouro em sete das nove etapas disputadas. São comandadas pelo técnico Reis Castro.

No Circuito Mundial 2015 somaram seis títulos, inclusive o World Tour Finals, com as melhores duplas da temporada. O bom desempenho assegurou a vaga para a parceria nos Jogos Olímpicos de 2016. Desde a união do time, são as maiores encedoras de etapas internacionais da atualidade – 13 títulos em 24 torneios disputados. Ficaram 61 jogos sem derrota em 2015.

A capixaba Larissa começou no vôlei indoor e por quatro anos jogou pelo Tuna Luso, de Belém (PA). Na capital paraense ela passou a jogar na areia, por isso hoje representa o Pará no Circuito Brasileiro. Na praia já conquistou o Circuito Mundial sete vezes e o Brasileiro oito.

A parceira Talita teve início similar. Natural de Aquidauana, no interior do Mato Grosso do Sul, Talita migrou para o vôlei de praia somente ao desembarcar em Maceió (AL). Com apenas 19 anos chamou a atenção de Jackie Silva, que a convidou para mudar-se para o Rio. Em pouco tempo se destacou, eleita revelação do Circuito Mundial em 2005. A disputa pela medalha na Rio 2016 será a terceira de Talita e de Larissa, que estiveram em Pequim 2008 e Londres 2012 com parcerias diferentes. Elas moram e treinam em Fortaleza.

Principais conquistas da dupla:
» Bicampeãs do Circuito Brasileiro 14/15 e 15/16
» Campeãs das etapas de Vitória (Brasil) e Gstaad (Suíça) do Circuito Mundial 2016
» Campeãs do World Tour Finals 2015
» Campeãs das etapas de Moscou (RUS), Porec (CRO), Gstaad (SUI), Long Beach (EUA) e Rio de Janeiro do Circuito Mundial 2015
» Campeãs das etapas de Stare Jablonski (POL), Klagenfurt (AUT), Barueri (SP) e Parana (ARG) do Circuito Mundial 2014
» Campeãs do Desafio Melhores do Mundo BRAxEUA 2015